Notícias

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T17

BR Properties registra no trimestre Lucro Líquido Ajustado (FFO) de R$20,4 milhões, com margem de 18%

São Paulo, 9 de maio de 2017 - A BR Properties S.A. (Bovespa: BRPR3), uma das maiores companhias de investimento em imóveis comerciais do Brasil, anuncia hoje seus resultados referentes ao 1T17. Atualmente, a BR Properties possui 43 imóveis comerciais que totalizam 607 mil m² de área bruta locável (ABL), dos quais 5 são terrenos que correspondem a 74 mil m² de ABL. A Companhia também faz a administração de propriedades de seu portfólio através da subsidiária BRPR A.

DESTAQUES DO 1T17

  • A BR Properties registrou no 1T17 receita líquida de R$114,0 milhões, correspondendo a uma redução de 5% em relação ao 1T16, se considerarmos a receita das mesmas propriedades. Esta redução é explicada pelo aumento da vacância em comparação ao 1T16 e pela redução do valor de aluguel de determinados contratos.
  • A Companhia apresentou no 1T17 EBITDA ajustado de R$89,3 milhões, resultando em uma margem de 78%, uma das mais altas do setor.
  • O lucro líquido registrado ao final do trimestre foi de R$182,8 milhões, impactado principalmente pelo ganho na venda do Galpão SBC.
  • O Lucro Líquido Ajustado (FFO) no 1T17 foi de R$20,4 milhões com margem de 18%, correspondendo a um aumento de 94% em relação ao 1T16.
  • A dívida líquida ao final do trimestre era de R$2.136,9 milhões. O custo médio da dívida ao final do período era de 12,9% ou 106% do CDI.
  • A BR Properties fechou o trimestre com uma posição de caixa de R$1.196,4 milhões.
  • No 1T17, a BR Properties concluiu a venda do "Galpão SBC" para a GLP pelo valor total de R$240,2 milhões, conforme sentença arbitral favorável à Companhia que pôs fim a uma discussão iniciada em novembro de 2014.
  • O portfólio da BR Properties fechou o trimestre com taxas de vacância financeira e física consolidadas de 12,8% e 22,0%, respectivamente. O aumento das taxas em relação ao trimestre passado se deve basicamente ao efeito da venda do Galpão SBC (47.353 m²), no mês de fevereiro. Desconsiderando esse efeito, as taxas de vacância mantiveram-se estáveis.
  • Foi assinado termo aditivo ao contrato de locação entre BR Properties e "Petrobrás" referente ao reajuste no preço de aluguel nas Torres do Edifício Ventura, vigente a partir de Maio de 2016. As condições do termo, já mencionadas pela Companhia desde o encerramento das negociações, não foram alteradas.
  • Foi aprovado o Programa de Recompra de ações de emissão da própria Companhia. Desde seu início, no mês de março, a BR Properties já recomprou 1,1 milhões de ações ou 38% do total previsto (2,9 milhões de ações).

EVENTOS SUBSEQUENTES

  • No mês de abril, a BR Properties celebrou com "MORRO VERDE INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA" documento visando à aquisição do imóvel com destinação logística/industrial denominado "Edifício Imbuia", localizado no município de Jarinú - SP, com ABL de 22.986 m² e pelo preço total de R$49,4 milhões. O imóvel encontra-se parcialmente locado e sua aquisição está sujeita à satisfação de determinadas condições estabelecidas no documento celebrado entre as partes.

Para acessar o Relatório de Resultados do 1T17, clique aqui.